ESPORTES

Sampaio supera expulsão, despacha o Confiança, e fica perto da classificação

Sampaio 2 x 1 Confiança –  com alma, vibração e muita raça. Assim foi conquistada a vitória do Sampaio Corrêa, na tarde/noite deste sábado, Estádio Castelão. O Tricolor saiu na frente, com Maracás, viu o Confiança empatar, e ainda teve que superar uma expulsão.

Com um a menos, usou toda a mística boliviana para fazer o gol da vitória, com Reginaldo Júnior, ir aos 25 pontos e ficar muito perto da classificação para a fase decisiva da Série C.

Na próxima rodada, encontro marcado novamente no Estádio Castelão, contra o Fortaleza.

O duelo  

A partida teve início com o Sampaio comandando as ações, em busca logo do primeiro gol, e quase marca. Pedro Costa foi à linha de fundo e mandou na área, Marlon não conseguiu completar pro gol.

O Confiança respondeu com um chute de fora da área, mas Alex Alve saltou para defender.

O domínio da partida era do Sampaio, que imprensava o adversário em seu campo de defesa. Isac e Valderrama arriscaram chutes de fora da área. Tiros perigosos, que por pouco não entraram.

A insistência surtiu efeito aos 33 minutos. Felipe Marques mandou um disparo venenoso de fora da área, o goleiro deu rebote e Maracás não desperdiçou. Bolívia na frente do marcador.

O gol não diminuiu o ímpeto Tricolor, que poderia ter ampliado, mas acabou sofrendo o empate em um contra-ataque fulminante do Confiança.

Isac, por muito pouco, não coloca o Sampaio novamente na frente do placar, mas o goleiro salvou em cima da linha. Foi o lance derradeiro da etapa inicial.

A etapa final reservou momentos de pura moção. O Sampaio seguia melhor na partida, criando as melhores oportunidades, mas se viu em situação complicado quando perdeu Pedro Costa, expulso.

A desvantagem numérica foi suprida com raça e determinação. Após uma pressão do Confiança, Alex Alves quebrou uma bola na direção de Isac, que se livrou da marcação e se serviu Reginaldo Júnior. O atacante Tricolor fuzilou para as redes. Explosão no Castelão.

O cronômetro começou a acelerar para o fim, e o Tubarão defendia o resultado com todas as suas garras, até o apito final.

Vitória na raça, na bola e no coração!

Ficha Tricolor

Alex Alves, Pedro Costa, Odair Lucas, Maracás e Esquerdinha; Zaquel, Valderrama (Fernando Sobral), Marlon (Reginaldo Júnior) e Hiltinho (Gian Petterson); Felipe Marques e Isac.

(0)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
sampaio-supera-expulsao-despacha-o-confianca-e-fica-perto-da-classificacao

ABOUT THE AUTHOR

Valmir Araújo - Graduado em Comunicação e Ciências Pedagógicas Railan Nogueira - Ciências Pedagógicas

Desenvolvido por Valmir Araújo